terça-feira, 9 de novembro de 2010

Um melhor individual cria um melhor colectivo

Um melhor individual cria um melhor colectivo.
(I'm back)

FARSA E MENTIRAS





Bem, tenho estado fora, a terminar a tese para entregar dia 30 por este motivo o blog parou um pouco, mas hoje não resisti. Ao ver as notícias dadas, o jornais sobre o discurso feito pelo presidente do Irão, decidi procurar mais, visto que hoje em dia a TV se der 20% da verdade já é muito. Tenham muita atenção como a TV manipula as pessoas para as fazer pensar e acreditar, já apanhei até a RTP a fazer isso.

Na TV só souberem apontar ao facto do presidente ter sugerido que os americanos tinham algo relacionado com 11 de Setembro, TINHAM, e HÁ PROVAS dadas por eles mesmo, mas mesmo que exista a dúvida, ninguém falou do texto completo porque existe tanta verdade. É necessário tomar muito cuidado com as notícias. Digo isso  porque como já vivi em Angola, já testemunhei  algo lá que quando saiu nas notícias na SIC nada tinha a ver, era 10% de facto e 90% de ficção. Muitas vezes contam meias verdades para passar impressão de algo que realmente não é. Esse foi um dos motivos porque durante a guerra os canais portugueses não eram bem vindos. Ainda recentemente aconteceu o mesmo nas eleições em Angola, que pelo facto dos jornalistas não estarem de acordo criaram especulação.

Vou deixar aqui o link para o discurso do presidente do Irão a parte que ninguém mostrou. http://abundanthope.net/pages/True_US_History_108/Text-of-Ahmanidejah-s-Speech-to-the-UN.shtml.
Este ano na reunião do G20 apareceu também na TV as manifestações onde eram destruídos lojas e carros. Se pesquisarem mais e notícias de outras fontes, SURPRESA http://www.globalresearch.ca/index.php?context=va&aid=19928, não é que os bandidos e os polícias vão exactamente as mesmas lojas, essa é a democracia que vives. Essa é uma técnica secular,  dado que os estados precisam de ter a opinião pública a seu favor a frente da TV, sempre que há manifestantes, há um grupo infiltrado para criar distúrbios e assim justificar a intervenção da polícia. A CIA na época da guerra no Vietname, usou a mesma táctica para afastar os manifestantes contra guerra e assim passar a imagem na TV de que estes eram anarquistas. Essa é a técnica de CRIAR UMA PERCEPÇÃO.

A RTP usou um princípio social que é "O ser humano quer por normal ser aceite numa sociedade, e por este motivo ele tenta adaptar a sua ideias ao do grupo onde se quer integrar", para no caso dos chips dizer que foi deliberada 4 opções no parlamento: " A primeira é o uso do chips no carro, a que todos os portugueses escolhem...."  esta frase não é inocente, esta frase no subconsciente é para as pessoas todas optarem pela primeira opção, porque todas as outras já a fizeram. A questão é, para quem está atento, como seria possível todo estarem a escolher a primeira se ainda não estavam sequer a venda, aliás, como se escolhe uma opção antes mesmo dela existir, porque a informação das opções estava a ser dada no momento?!

A 30 de Agosto comprei a minha casa, e dia 31 a minha namorada vai ao IKEA e diz que a minha morada já estava para a casa que comprei, COMO, QUEM AUTORIZOU??? Depois queria convencer-me a fazer um cartão família, em que basicamente se dava todos os dados BI, NIF  etc, por causa de 20€ de desconto, o que fazem eles com os dados sabem?? 

Todos estes cartões, guardam os nosso hábitos de consumo, em sistemas de informação existe técnicas de extracção de informação e conhecimento que se chama Business Inteligence, que mediante determinados dados, encontrar padrões de consumo, vida e associa-los a comportamentais. Por este motivo é que nos EUA para viajar se enviam uma lista de questionários. Estas informações usadas pelos super mercados por exemplo,  para venda e também para marketing. Mas juntando toda informação dos vários cartões é possível saber a vida de cada um.
Outro mito, que é importante, para aqueles que põe a vida toda no Facebook e hi5, quando apagam a conta ela não deixou de existir, tudo que fez ainda está lá e passo a explicar. Todos estes sistemas têm sistema de backup o que significa que  em determinado período é necessário gravar todo estado do sistema para o caso de alguma falha. São gravados vários backups e guardados com a sua data respectiva, assim, mesmo que apague a conta hoje, basta ir ao último backup e acedo a toda informação na mesma, por isso cuidado com o tipo de informação que disponibiliza. Atenção que estas redes sociais são patrocinadas por anónimos, e quem são eles? Não sabes.

Existe actualmente uma onda de negatividade em tudo que é noticiário, é preciso tomar cuidado, porque a ideia é passar a noção de insegurança e medo. Reparem que todas a ditaduras (oficiais), usam a TV como meio de controlo. Reparem que todas elas também vierem, boa parte, de quedas económicas, desespero. Hilter emergiu daí. Se pesquisarem por técnicas de neuro-linguística vão perceber como é fácil manipular as pessoas, principalmente quando elas acreditam que tudo acontece por acaso. 

Todos nós nos debatemos no nosso dia-a-dia para ganhar dinheiro, o dinheiro é outra FARSA. O dinheiro não é nada mais do que uma CRENÇA, existe porque nós o aceitamos, mas infelizmente pensamos que não podemos viver sem ele porque nos fazem acreditar tal coisa. Daí a TV nos encher com a necessidade de comprar mais e mais. Eu digo porque é uma farsa. Como você é o único que fabrica dinheiro, e eu lhe peço 1000€ e para tal tenho que pagar o juros de 5%, como é que eu posso pagar se só uma pessoa o fabrica? Significa que tenho que fazer outro empréstimo, ou, retirar de alguém que também tenha feito o empréstimo. 

Antigamente o dinheiro correspondia a uma quantidade em ouro, actualmente é um mero papel. Daí o facto de ter havido um incentivo muito grande em venda de ouro em várias nações, mas quem foi o maior comprador? EUA e UK. Por este motivo é que o desaparecimento dos trilhões no EUA que conduziram a esta crise (feita por design)  puderam desaparecer sem rasto. A técnica é simples, quanto mais nos fizerem acreditar que as coisas estão mal, quanto mais tivermos medo,  mais facilmente damos o poder a eles para fazer o que quiserem com o pretexto de que é preciso para solucionar o problema.

É preciso tomar cuidado com a alienação das pessoas por meio de excesso de entretenimento, o ser Humano actual não quer ser responsável, ele quer sempre poder culpar os outros, o problema só é dele se lhe toca directamente, não quer pensar nem fazer por ele mesmo.  Certa vez vi um homem que mal dizia de Sócrates porque o tirou isso e aquilo, quando o perguntei nestes 5 anos o que tinha ele feito por eles mesmo para melhorar a vida, o que tinha aprendido, lido, estudado para poder ter melhor vida, claro, não tive resposta. Aí eu perguntei como ele tem coragem de apontar para alguém que toma conta ( supostamente) de 10 milhões de pessoas, se eles sozinho não conseguiu fazer nada por ele mesmo, é mais fácil apontar aos outros não é!?

O poder está no conhecimento, as pessoas não reparam que antigamente o saber ler e escrever era só para as elites, porque assim se dominava, as religiões usavam do mesmo instrumento, quanto menos souberes mais poder sobre ti se tem.

A melhor forma de esconder algo não é esconde-lo, mas sim torna tão vulgar que ninguém acredita. Essa é a forma eficaz  e utilizada a anos, quando se cria uma dualidade em relação a algo é sempre melhor do que se saber com certeza, ou se desvaloriza. Um exemplo disso, foi com Bush, eu disse ao meu pai na época que o facto das pessoas gozarem com ele, e com os erros que a administração iria fazer piadas com os erros dele e assim perdia o valor. Dito e feito. Um dia ainda escreverei sobre o actor Obama.

Outra observação que reparei, ontem enquanto via um filme. Sempre tive noção que boa parte dos filmes no seu subliminares nos passam ideias. Prestem atenção aos filmes em que há assaltos a bancos, em quase nenhum os empregados dos bancos simplesmente deixam ser assaltados, eles começam sempre por reagir em protecção do dinheiro no banco com da própria vida. Isso é uma instrução, de protecção do dinheiro a todo custo. Já vi esta técnica bastante novo, na história do pioneiro Augusto Ngangula, que era capturado pela Unita e mesmo torturado não revelou a localização da base das FPLA. 

Pode pensar que sou mais um com a teoria da conspiração, mas não é teoria e muito menos conspiração é o dia-a-dia. Aos 8 anos depois de estudar as pessoas cheguei a conclusão quão fácil era manipular bastando saber a sua forma de pensamento e sistema de crenças. Aprendam técnicas de comunicação, extracção de informação, repetição, comunicação corporal e neuro-linguística, a partir daí verão que estarão também muito sensíveis quando alguém as aplica.

O a técnica de repetição é bastante comum, principalmente em voz alta, porque faz acreditar no que se está a repetir, para além de memorizar. Quando alguém pronuncia determinadas palavras e pede para repetirem ao mesmo tempo várias vezes, este orador está a passar a mesma crença destas palavras as pessoas que as repetem.

Em tempos falando com um amigo, eu o fazia ver que a crença na religião em si, também é uma forma de controlo. É engraçado o facto de que, quando se fala em liberdade a pessoas religiosas, o que não significa necessariamente espirituais, ninguém pensa no AMOR, mas o primeiro pensamento é em assassinatos entre outros actos maléficos. Ele disse que acreditava e que era a verdade, foi um debate saudável de ouvir o ponto de vista de cada um. Depois eu tive que lhe fazer ver o seguinte. Ele só acredita na igreja, neste caso católica, porque em algum tempo atrás alguém encontrou o seu país, colonizou e como o processo de controlo e colonização era precisamente a religião, porque senão ele teria mantido tão somente as crenças existentes da época. Isso para fazer perceber que uma coisa é ter fé outra é ser religioso, e é preciso nos conhecermos para sabermos diferenciar o que são nossas crenças e as que foram a nós implantadas.

A maior parte das religiões baseia-se no mesmo, MEDO, incutir a crença que o facto de nasceres JÁ PECASTES, e que TU ser HUMANO, estás cá para pagar pecados e nada vales. Se não acreditas em DEUS, VAIS PARA O INFERNO.


Um ser evoluído só obedece ao AMOR INCONDICIONAL.


Vocês sabiam que uma forma de ter a opinião pública a seu favor é disfarçar de inimigo, matar gente para depois dizer que foi o inimigo. Eu bem lhe podia apresentar pessoas que fizeram isso durante a guerra.


Uma MENTIRA repetida torna-se VERDADE, por isso cuidado.

sábado, 24 de julho de 2010

O Amor


O amor é uma energia abstracta, que não tem rosto, muito menos matéria.
o Amor existe no seu estado puro de forma incondicional.
o aMor puro existe para partilhar e não para dar ou esperar receber.
o amOr não é sentimento de posse, nem controlo.
o amoR é liberdade para que possa haver partilha.

Desta energia abstracta se proporciona felicidade sem conta nem medida. Na sua forma mais pura se manifesta pela GRATIDÃO, ACEITAÇÃO e pela manifestação  mesma energia.

Ao contrário do que é impingido pela sociedade, a forma de amar e relacionar com este sentimento, este sentimento NÃO É UMA PRISÃO, DEPENDÊNCIA e muito menos EXTERNO . O Amor é uma energia que pertence a cada um e não se dá, partilha-se. Existe muito o conceito de que amar é preciso sentir falta ou depender de. Para amar realmente não pode estar dependente de alguma forma do que for e de quem for. É necessário primeiro descobrir o AMOR PRÓPRIO antes de poder partilhar amor, porque senão não amará mas sim irá confundir a dependência com amor.

O amor é uma energia interna, abstracta, porque não tem forma, feitio, nem matéria, o amor simplesmente É. Tal como ela é, nos relacionamentos, quando se ama alguém, partilha-se esta energia com a pessoa amada, NÃO SE esta  energia, PARTILHA-SE. Assim, se o relacionamento terminar, é esta partilha que termina, mas o amor está sempre com cada UM.

A forma contraída e possessiva que actualmente a sociedade implanta o amor, é muito baseada no MEDO, o que torna a relação insegura. Esta insegurança também está muito relacionada com a auto-estima, porque  muitas delas não se acham o suficiente para o que for. Frequentemente neste tipo de relacionamento existe sempre um parceiro que anda atrás do outro, o amor não é assim, no amor ninguém precisa andar atrás, e por existir partilha, o individual não deixa de existir, mas existe uma trilha que é comum e partilhada, essa trilha é o AMOR INCONDICIONAL.

Muita gente procura a ALMA GÉMEA, e muitas vezes o relacionamento com sua alma gémea não é FÁCIL. O que muitos não sabem é que o encontrar alma gémea não significa que tenha que ficar com esta pessoa, mas muitas vezes estas aparecem simplesmente para aprenderemos algo relacionado sobre si mesmo. Muitas vezes a relação com alma gémeas é tão atribulada, que, ao INVÉS de AMOR e HARMONIA, se vive em constante SOBRESSALTO. Ora como a pessoa acredita que é sua alma gémea, não larga o pote.

Todo aquele que sente necessidade de dominar o seu parceiro,  é inseguro não só sobre o outro mas também sobre si mesmo.

O amor no relacionamento não é tomada de posse,  muitos são aqueles que assim o consideram. Também existem aqueles que tentam isolar o parceiro do mundo, amigos, família, tudo isso são formas de CONTROLO e de PODER, e não é AMOR. Normalmente quem vive essa situação vive porque tem MEDO da mudança, ou acredita que não encontrará MELHOR ou mesmo tem pouco AMOR PRÓPRIO para sentir que merece ser BEM TRATADO e que o está a viver NÃO É AMOR. É estratégia de muitos homens por exemplo tentar prender usado meios financeiros e daí convence a mulher que não deve trabalhar, ou a faz sempre acreditar que não consegue fazer NADA e NÃO SERVE PARA NADA.

A FALTA de amor na nossa sociedade é tão grande que quando se fala em LIBERDADE  a primeira coisa que vem à cabeça é ASSASSINATO. Praticamente ninguém na sociedade actual  quando se refere a LIBERDADE pensa em AMOR.

A TV alimenta a noção de que AMOR é a relação entre duas pessoas, o romance,  as mágoas e sofrimento, mas o AMOR é muito mais do que isso,  nem mesmo as religiões pregam o AMOR, a maioria imputa o MEDO, CULPA para manter fieis sob seu controlo. Actualmente muitos padres têm mudado a sua abordagem em relação a mensagem que querem passar para os fieis e isso tem gerado controvérsia no seio dos mais altos cargos religioso, isso é o DESPERTAR.

AMAR  a si próprio é dos primeiros passos que se pode dar, ninguém pode AMAR DEUS (o que for que acredite) se não AMA SUA CRIAÇÃO.

Erradamente é nos ensinado que não devemos AMAR A NÓS MESMO, e nos é incutido um sentido de culpa em relação a isso, nos obrigado a nos sentir sempre inferior. Ao contrário do que se diz aquele que se AMA  realmente não se sente superior ou inferior, mas tem maior capacidade de PARTILHAR esta energia.


AMOR É INCONDICIONAL

sexta-feira, 9 de julho de 2010

A dor



Hoje vi uma rapariga muito triste no metro, e disse-lhe o seguinte:

- As vezes o mais importante não é a dor que sentimos, mas o que aprendemos sobre nós mesmo e sobre outros na dor que passamos

O significado destas palavras são importantes, porque leva a uma outra forma de pensar. Boa parte das pessoas quando passam por algum momento de dor ou mágoa ficam aprisionadas neste sentimento, principalmente se esta dor ou mágoa tenha sido despoletada por outra pessoa. E como as pessoas assumem que têm que sofre, tornam-se reféns  deste emoção entrando no ciclo da dor. Muitos abraçam tanto essa dor de tal forma que incorporam na sua mente que soltar a dor é perder a própria personalidade ou vida, isso porque têm medo de perder este sentimento e emoção, visto que estão tão habituados a conviver com ela.

Certa vez disse a uma amiga que ele sofria porque escolheu assim, ele se sentiu ultrajado, porque disse que ninguém quer sofre, no entanto não é bem verdade isso. Para aquelas pessoas que sabem diferenciar a mente e a alma, perceberão que muitos dos sentimento só os sentimos porque o aceitamos e nada fazemos para mudar porque no nosso sistema de crenças é suposto sentir assim. Complicado não é? hihihihi. 

Sugiro o seguinte exercício, tente encontrar algo que acredite independentemente das massas não acreditarem, verá que todos nós em geral vivemos num sistema de crenças, o dinheiro inclusive é um sistema de crenças, porque é um papel que todos nós acreditamos e aceitamos como tendo valor.

Com a dor também é um sistema de crenças em certos caso, pá certos casos porque dor dente doí mesmo....se bem que supostamente também se pode manipular.... mas doí. Aquela pessoa que sofre muitas vezes por fim do relacionamento e que acha que não irá encontrar outra pessoa, sofre porque quer acreditar nisso. É mais que natural que as mudanças causem dissabores, grande rupturas, no entanto é preciso passar por esta dor no sentido de aprender, principalmente a nos levantarmos.

O aprendizado é muito importante, tipicamente quando aprisionados na dor, a pessoa ou procura culpados, ou se vitimiza. Procurar culpados ou vitimizar-se, não ajudam ao aprendizado, porque não nos ajuda a analisar a situação nas várias perspectivas. A aceitação do que ocorreu e a auto-análise do nosso próprio comportamento e do outro  (caso exista) nos permite aprendermos o que está realmente a acontecer e obter lições em relação a isso.

Se tem dor não a carregue como se fosse sua, ninguém tem que ser mártir se não quiser. Aprenda com ela, aprenda cada sentimento e pensamento que lhe passa enquanto tem a dor  e a transforme.

domingo, 4 de julho de 2010

Sistema de Cura Corpo Espelho


Caros amigos, venho anunciar que neste momento sou um curador, com base no sistema cura Corpo Espelho. Também ofereço a terapias, baseadas e conversa, tudo na onda do que escrevo, aliás o muito do que escrevo é resultado das terapias que faço de forma invisível. Agora saí da casca.

Na realidade estou a seguir o meu caminho desde jovem que sei bem dele, e aos poucos vou convergindo para lá. Estou a seguir a minha natureza. Qualquer pergunta não exitem a mandar email.

Soube o sistema de cura Corpo Espelho deixo o link e digo que é maravilhos, a solidificação de muito que sabia, e mais a técnica, com muita pureza e AMOR, AMOR Incondicional.

sábado, 26 de junho de 2010

Reflicta


Antes de reclamar, chorar ou lamentar o que lhe falta, 
olhe para o que lhe faltou mudar ou melhorar em si
para o obter o que queria.

terça-feira, 15 de junho de 2010

Liberdade



Nunca serão livres enquanto não souberem onde realmente VIVEM.

Nunca serão livres enquanto não assumirem a RESPONSABILIDADE.

Nunca serão livres enquanto acharem que o mundo são os OUTROS.

Nunca serão livres enquanto não se aperceberem que estão na PRISÃO.
Nunca serão livres enquanto não deixarem de VIVER a TV.

Nunca serão livres enquanto tiverem os PENSAMENTO LINEARES.

Nunca serão livres enquanto tiverem uma MENTE EDUCADA.

Nunca serão livres enquanto não procurarem pela VERDADE.

Nunca serão livres enquanto aceitarem SEM QUESTIONAR.
Nunca serão livres enquanto se deixarem MANIPULAR.

Nunca serão livres enquanto só souberem olhar para a SUPERFÍCIE.

Nunca serão livres enquanto não tiverem CONSCIÊNCIA.

Nunca serão livres enquanto não PERDEREM o MEDO.

Nunca serão livres enquanto acharem que a VIDA é uma COINCIDÊNCIA.

Nunca serão livres enquanto forem CÓPIAS do dia-a-dia dos OUTROS.

Nunca serão felizes enquanto não aprenderem que SOMOS TODOS UM.

Nunca serão livres enquanto aceitarem que têm que PAGAR para VIVER.

Nunca serão livres enquanto forem ESCRAVOS do DINHEIRO.

Nunca serão livres enquanto não exercitarem o PENSAMENTO LIVRE.

Nunca serão livres enquanto não assumirem o LIVRE ARBÍTRIO.

Nunca serão livres enquanto não puder EXPRESSAR a sua CRIATIVIDADE.

Nunca serão livre enquanto não absorver o AMOR INCONDICIONAL.

Nunca serão livres enquanto JULGAREM.


«-----------------------------------------------»

Lembre-se que toda revolução começou por pessoas INSTRUÍDAS, pessoas com INFORMAÇÃO e CONHECIMENTO, com PENSAMENTO, e CONSCIÊNCIA. Por este motivo é que todo aquele que está no poder teme, quem PENSA, quem , quem QUESTIONA, quem INVESTIGA e principalmente,  quem tenta abrir os olhos para a VERDADE.

Para sermos livres é necessário sermos autênticos, encontre a sua autenticidade.

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Anjos de Luz



Têm sido umas semanas puxadas para muitos trabalhadores de luz, muitas expectativas. Com as oscilações de humor, dificuldade no sono, cansaço, e cada vez mais sentimento de vivência de dois mundos no qual um deles não reflecte a sua luz. O bom disso tudo está no facto de que não estamos sozinho, não só porque os mestres nos acompanham mas também porque todos nós fazemos parte de UM.

É naturalmente difícil tentar explicar a quem não está envolvido em tarefas tão importante como a da mãe GAIA nestes dias, o estado das nossas emoções, nestas situações procuramos mais luz junto de outros como todos nós, que nos percebem e partilharão a sua luz para nos ajudar.

Está a planear? Esquece, neste momento sentimos que não conseguimos decidir, vivemos actualmente uma onda de incerteza, onde a única certeza é que a Luz vencerá. No entanto, quanto ao rumo que cada um vai ter, no AGORA presente, o futuro já mudou tantas quantas vezes as nossas emoções mudaram.

Vivemos com a compaixão de querer ajudar, mas também com uma certa tristeza de ver como a ignorância é consumida. Alguém uma vez disse-me: - Ai, eu não acredito nestas coisas. Eu retorqui, claro que não, como podes acreditar em Deus se sequer acreditas em sua obra, se não acreditas em ti próprio. O facto de não acreditar não significa que as coisas deixam de existir e muito menos de acontecer, quanto muito, tão somente prolongará a sua ignorância. Resumindo, não é não acredito, mas sim ignoro.

Não adianta tentar despertar a quem não quer despertar, existe pessoas até de dimensão -1, sinto uma grande tristeza amorosa por elas, tristeza por não verem, mas amor pela criação e de saber que mais tarde seremos nós que teremos que o auxiliar.

Mais chato ainda é dar certezas a quem está connosco, companheiro/a, se não é possível dar certeza para mim mesmo, quanto mais a outro. O bom mesmo é que nós trabalhadores da luz estamos habituados a conviver com a variações de estados, energia e emoções, na realidade é tudo UM.

A dias vi a STASIS, era linda, partículas azul prateado, não confundam isso com sinal. fiquei delirante, parecia uma criança na loja de brinquedos.


É importante requalificar a energia para quando estamos vivendo a dualidade, as vezes, por dormir mal, quando estou no trabalho simplesmente fecho-me em mim, isso porque tenho consciência do meu estado emocional não está bom ( em melhor português, estou rabugento por dormir pouco) e não quero de forma alguma que este sentimentos influenciem o meio. Porque muita vezes o nosso mau estado nos faz pensar que é o mundo que está contra nós quando na realidade somos nós que estamos contra o mundo. EQUILÍBRIO é a CHAVE, como sempre digo.
MANTENHA O ROSTO SERENO NO FOGO DO INFERNO

domingo, 23 de maio de 2010

Poder & Ego


Todo aquele que precisa do poder e ego sobre os outros para se realizar,
é porque por si só não se acha realizável.

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Ser Humano



Não somos o que fazemos e muito menos o que temos, mas o que fazemos e o que temos diz um pouco do que somos.

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Pessoas NÃO

 

Ao contrário das pessoas negativas, as pessoas Não não são necessariamente pessoas negativas.

As pessoas não são caracterizadas por pôr barreiras ao seja lá o que for na sua ida. Muitas delas por acharem que não merecem, atenção que não têm necessariamente baixa auto-estima, mas acham sempre que algo não é para elas.

Estas pessoas não se apercebem que seja o que for que o universo o quiser oferecer eles são os primeiros a recusar, por não se acharem merecedores. Muitas levam uma vida de monotonia porque são incapazes de dar outro ímpeto à vida, resignando-se na monotonia.

Pergunto, avalie a sua vida agora, nesta data, neste momento e compare com o ano passado, e anterior, e anterior,  o quê que aprendeu de novo, o que fez de diferente que o acordou, leu, dançou, viajou?? Até matematicamente uma função monótona não é uma função estática,  mas é uma função que cresce ou decresce ao longo de uma variável.

Merecem tudo de bom, absolutamente tudo, basta querer e dar o que de melhor tem. É preciso que se deixem de julgar pelo que São, e gostem do que São, e dêem tudo de bom ao que É. 

Assumam-se como seres merecedores e activem a vida para o desenvolvimento, conhecimento e aprendizado

quarta-feira, 5 de maio de 2010

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Um apelo à razão

A razão à todos pertence, 
até mesmo à aqueles que não a têm.

A razão é única, 
pertence à cada um.

Apontar os erros


Aquele que sempre aponta para os erros dos outros,
provavelmente não vê os seus,
e quando os vê, 
os nega.

sábado, 17 de abril de 2010

Responsabilidade


Está provado por estudo, que o ser Humano permite e é capaz das maiores atrocidades basta que tenha alguém que ele aceite como autoridade ou como responsável.  Um estudo realidade recentemente, que apareceu na TV onde o público assistia supostamente a electrocussão de um concorrente sempre que ele desse uma resposta errada. Toda aquela gente assistiu, incapazes de tomar alguma atitude, simplesmente porque a apresentadora dizia que não tivessem pena.
Desde  pequenos que somos ensinados a obedecer, nos é incutido o conceito de responsabilidade, hierarquia, o que e como tem que ser para estar na sociedade. Aqueles que estiverem fora dos padrões são considerados mau feitores ou outsiders. Sei bem o que é isso, porque durante muito tempo fui e sou olhado desta forma, ao ponto que ter que nivelar por baixo para lidar com determinada pessoas.


Desde miúdo que reparo que as pessoas não têm domínio da própria vida e muito menos da sua própria consciência. Boa parte da população vive uma vida achando que é livre sem terem noção que vivem manipulados pelo medo, e que é isso que lhe faz ter determinado percurso na vida.

A imagem acima retrata o que somos actualmente, substituindo o burro pelo homem e a cenoura pelo dinheiro. O pior de tudo é que as pessoas não querem aprender, muito menos ouvir verdades, principalmente se essa exigir um esforço. Se nos EUA os negros não tivessem unidos numa só consciência para deixarem de comprar coisas nas lojas como decidiram e viver de entre ajuda, para fazer com que sentissem que eles também são precisos, nunca teriam conseguido ganhar a guerra. Vivemos num mundo de ignorância, sem reacção para com as injustiças, desde que o problema não seja connosco.

Facilmente responsabilizamos os outros por tudo e por nada, porque assim é mais fácil justificar a nossa falta de união e atitude. Mantemos-nos surdos, cegos e calados perante a injustiça desde que não seja connosco. Vivemos num sistema financeiro que o único que faz o dinheiro e empresta, é o mesmo que cobra juros sobre o dinheiro emprestado, quando somente ele é que o fabrica. Tudo isso porque nos prendemos e nos fizeram acreditar que somos o que temos e o como parecemos. Pior é nos fazerem acreditar que isso tem que ser assim, por isso nos fazem pensar que as coisas são sempre coincidência, que se deve aceitar o sofrimento e a injustiça.


Mas ninguém nos ensina que tudo que ocorre na nossa vida é fruto da nossa criação, da nossa responsabilidade, e que a vida é o livre arbítrio e a experiência e que compaixão e amor é pode-se viver bem.  Mas como o tema diz, a responsabilidade é nossa, toda nossa, pela incapacidade  de querer liberdade, aprender mais, conhecer a si mesmo, pensar, sim pensar, porque as pessoas não pensam actualmente elas vivem com base em ideias pré-concebidas muitas vezes atiradas ao alto que de alguma forma parecem lógicas e ficam por aí, não pesquisam mais, não aprendem mais, mas são os primeiros a julgar. Reparem que o ignorante é sempre aquele que mais julga.




Infelizmente vivemos numa consciência comum, num holograma comum de escravatura. Repara que quase ninguém vive o que sonha, mas sim vivem todos para ganhar dinheiro, porque senão, não terão isso e aquilo (MEDO). Esta é ferramenta desta sociedade para nos manter aprisionados,  MEDO. Reparem que a sociedade ocidental é das sociedades mais medrosas que existe, principalmente nos jovens. Até mesmo do AMOR as pessoas têm medo, querem viver aqueles amores fictícios que aparecem muitas vezes na TV sem se conhecerem a si mesmas e muito menos aprender o que é o outro.
O que nos ocorre é nossa responsabilidade, porque assumimos que temos um autoridade, que supostamente escolhemos, mas que se sente no direito de nos sugar ao máximo. Somos responsáveis pelo que nos acontece na vida, de bom e de mal devido a nossa postura e energia perante a vida. Somo responsáveis porque não queremos nos conhecer melhor, estar mais em contacto com o nosso EU, em vez de simplesmente seguir os outros e ser mais um robot. Até mesmo a nossa educação é feita para criar robots e escravos, todos aqueles que querem pensar livremente, são muitas vezes obrigados a sair deste sistema, porque se sentem presos, visto que pensam fora da caixa.

É preciso despertarmos e nos responsabilizarmos pela nossa própria vida, em vez de procuramos culpas externas, deixar de nos julgar e julgar os outros e interiorizarmos o que realmente somos e queremos. Precisamos de buscar e ter mais luz nas nossas vidas.


Por uma evolução de consciência colectiva.




PS: TODOS DEVIAM VER ESTE VÍDEO, DADO POR UMA LEITORA AMIGA.
http://www.youtube.com/watch?v=nJCW6AbCoWQ&feature=related

terça-feira, 30 de março de 2010

A falta de consciência



A falta de consciência nos faz aceitar

Autoridade como verdade  e não verdade como autoridade.
A ignorância como sentido para ser feliz.
Que Deus é que controla tudo.
Que ser feliz é TER e não SER.
Que somos os donos da Terra.
Que as coisas acontecem por acaso.
Que quem tem que governar e cuidar de nós é o estado.
Julgar sem conhecer os factos.
Julgar sem ajudar.
Para vencer temos que derrotar os outros.
Que a realidade e verdade é o que passa na TV.
Que a responsabilidade de melhorar é dos outros.
Que a consciência está no cérebro e na racionalidade.
Ser escravizados por uma minoria rica que nos faz acreditar 
que fazendo isso chegaremos onde eles estão.
Que o poder está com os outros.
Que precisamos ser vítimas
para que sintam compaixão por nós.
Que ser boa pessoa é agradar sempre aos outros.
Que somos o que a sociedade diz que somos.
A inveja, o maltrato a injustiça como certo,
desde que não seja connosco, ou possamos
culpara a outro.
Que os factores financeiros tenham mais
importância que o factor humano.
Que tudo é válido para se ter lucro.
Que alienação dos jovens é bom.


Para onde caminhamos com a falta de consciência?

sábado, 27 de março de 2010

Necessidade de Deus ou Medo do Inferno?


Acreditar em Deus ou ficarás no Inferno.
Cabe na cabeça de alguém que um pai criador queira castigar o seu filho? 

O primeiro parágrafo é algo típico, um ensinamento incutido em maior parte das religiões. Todo mundo que ler livro de alguém que fale com Deus. Que responda as suas questões, dúvidas medos e angústias. Existem crenças em Deus baseadas no medo, outras pelo sofrimento e muitas porque é fashion dizer que se acredita, caso contrário é condenado.

Não se engane eu acredito em Deus, mas não nos modos como é fantasiado e personificado, mas sim  pela energia do simples Ser. Mas pergunto como alguém pode acreditar em Deus e não acredita na sua própria obra, nele mesmo. Deus não está acima de Nós como dizem a igreja, Deus somos Nós, em consciência. Muitos aceitam Deus mais como uma fuga da sua própria responsabilidade pela realidade que criou, sim nós criamos a nossa própria realidade em consciência e actos.

A crença em Deus foi implantada por meio do medo, e por este motivo existem muitos jovens que se recusam sequer a ir à igreja. Este Deus medroso, punidor, só serve para os interesses dos escuros, que usam todos os meios de controlo para manter presos numa realidade em que nos tornamos seus escravos a vida inteira. Não sem pode acreditar em Deus senão se acredita no Amor, se tem medo do Amor.

Posso afirmar com toda certeza Jesus existe, não deixou de existir, é importante lembrar que nós estamos a experimentar a vida para exercermos o nosso livre arbítrio, por isso todas as palavras, ensinamentos espirituais que não vão de encontro como o que sente no coração, o seu livre arbítrio e as leis universais são falsidade. 

quinta-feira, 11 de março de 2010

Feliz aniversário


Depois destes meses todos muito atarefado um post para dar os parabéns a mim mesmo pelo meu aniversário .

PARABÉNS, FELIZ ANIVERSÁRIO :p

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

O estigma da dor


No nosso mundo a dor é muito sobrevalorizada, a dor é encarada sempre como fatalismo. Muitas vezes a para as pessoas que me consultam, lhe digo que devem passar algum tempo com o seu Eu, sentir e escrever o que sentem, para ajudar a esclarecer o que na realidade se sente. Em quase todas as pessoas exprimem sentimentos de medo para com este processo. Justificam dizendo que ir à profundidade dos sentimentos encontrarão dor e sofrimento.  

Neste momento eu questiono, será que enfrentar esta dor ou sofrimento para ter uma vida melhor, precisamente sem esta dor ou sofrimento, não valerá à pena passar por esta dor?


As pessoas normalmente fixam na dor e não no que aprenderam com ela. O que muitas vezes se esquecem é o facto de que esta dor deu a conhecer o outro Eu, bom ou mau, que pode ajudar a conhecer os seus pontos fortes e fracos. É necessário lembrar que muita da dor passada é para nos proporcionar uma nova evolução e muitas vezes esta dor e sofrimento só a vivemos porque bem lá no fundo a escolhemos, só que achamos que não.


Muita gente vive em dor e sofrimento porque tem medo de escolher, porque tem medo de largar a armadilha do macaco  ou até porque se culpabilizam achando mesmo que merecem tal sofrimento.


A dor está fortemente enraizada em muitas culturas até mesmo religião, e em geral nos é dito que é necessário passar por ela, mas eu diria melhor, é necessário aprender com ela. Muita das vezes quando vivemos em dor e sofrimento, significa que algo não vai bem na nossa vida, boa parte das vezes é o próprio universo que nos está a sinalizar que existe algo que não está certo, ou que não estamos a viver em conformidade com o que realmente queremos.


O sentimento de culpa ou de pena é um factor que muitas vezes impede as pessoas de fazer a sua escolha, de exercer o seu livre arbítrio. Mas este sentimento muitas vezes pode tornar um ponto de frustração, causando muitas vezes um mau estar no ambiente a sua volta.


Infelizmente a do é também usada como um instrumento para despertar consciência, digo infelizmente não pela dor, mas sim porque na sociedade actual, que se valoriza a coisas mais superficiais, as pessoas só têm tempo para pensar mais profundo em momento de dor, tristeza e sofrimento. 

O choro, ao contrário do que muita gente pensa, não é sinal de fraqueza, mas se alívio da alma, e é algo necessário. Actualmente até homens se vê a chorar mais vezes, o que é bom, na realidade

Se vive com dor e sofrimento, é porque está a fazer algo errado na sua vida, aprenda com esta dor, deixe o medo e transforme isso em amor. Amor este que levará a descobrir o seu Eu, e quando se amar realmente, verá que não merece nenhum sofrimento.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

O Desapego




O desapego, material, de pessoas, etc, ao contrário do que a maior parte das pessoas pensam, não é, o esquecimento, a banalização, ou superficialismo (não existe mas acabei de inventar), ou até mesmo ignorância.

Ser desapegado é ser livre, ser liberto, não significa que não possa amar, pelo contrário, mas sim significa que se algum dia perder este amor, conseguirá construir outro. O apego à dor, que muita gente tem, vem precisamente pela cola que tem sobre qualquer coisa, pessoa material, dinheiro, etc; de tal forma que a perda a influencia negativamente. 

Principalmente nos relacionamentos, é necessário perceber que, é escolha das duas partes estarem juntos, logo, quando uma das partes opta por outro caminho, esta rotura causa normalmente muita dor, mesmo que o relacionamento não estivesse a funcionar. Esta dor nem sempre está relacionada ao amor, mas sim ao apego também, apego à rotina, ao dia-a-dia com aquela pessoa. Todo processo de rotura tendencialmente causa algum transtorno, porque é um processo de mudança, é um processo de reconstrução da nossa vida.

As pessoas muito materialistas, como o próprio nome diz, são apegadas a bens materiais, muita vezes porque só assim preenche determinado vazio que encontram dentro de si.

As pessoas muito apegadas a outras pessoas,  amigos, familiares, cônjuge, normalmente são pessoas, que têm problemas em estar sós, ou são emocionalmente dependentes, inseguras e muitas vezes de baixa auto-estima.

Estas pessoas muito apegadas, muitas vezes estão caracterizadas pela constante cobrança e exigência de atenção, aos amigos, familiares, cônjuge etc. Quando inseguras reagem com desconfiança se por algum motivo há afastamento, muitas vezes questionam se fizeram algo de errado quando são pouco seguras. Este tipo de comportamento, é ainda mais sentido por parte do cônjuge, o que pode levar a uma rotura no relacionamento.

O desapegar é muitas vezes dar tempo a si mesmo, deixar os mundo, as pessoas, os bens materiais  e usufruir do simples Ser, aliás, é um processo que todos nós queremos pelo menos uma vez na vida, "estar sozinho". Mas, não é estar sozinho no conceito de solidão, o que é normalmente praticado pelas pessoas, mas sim de estar consigo mesmo, com o nosso Eu. Este processo assegura um conhecimento mais próximo da pessoa para com ela mesma, o que, sendo bem feito, poderá aumentar a segurança, auto-estima e o conhecimento do seu Eu.

Desapegue de si mesmo, para permitir as mudanças que se avizinham.

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Paraíso


Há pessoas que mesmo vivendo no paraíso
precisam de passar pelo inferno
para perceberem que estavam afinal no paraíso,
o problema é que muitas vezes nunca mais o voltam a encontrar.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Sentir

 
A palavra sentir,  o sentir, no sentir, há muito mais do que amor e ódio, muito mais.

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

A Verdade


A verdade não é para quem quer, mas sim para quem busca.

A verdade não é para quem quer saber, mas sim para quem tem mente aberta para a aceitar.

A verdade não é única, mas existe uma universal.

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Erro em Deus



De igreja a igreja, de pastor a pastor, andam por aí os fieis servos de Deus, procurando por alguma solução aos problemas da vida.

O erro em Deus começa para mentira praticada por muitas doutrinas religiosas que, sob seu domínio, fizeram crer que a não obediência as doutrinas religiosas ou a Deus, seria severamente castigada com a ida para o INFERNO. É necessário separar Deus e religião, a religião é do Homem as regras são ditas pelo homem e não por Deus.


Quando Jesus disse que seria mais fácil um camelo passar pela agulha do que um rico pelas portas do céu, se referia ao poder e não ao dinheiro em si, como hoje quem tem o dinheiro e maior parte dos casos detém o poder. Assim, os ricos pagavam a igreja pelos pecados, e o pobre não se revoltavam pela miséria.

Muita gente culpa Deus por desgraças, negando a sua existência por algo mal ter ocorrido, mas esquecem que existe uma regra universal que é o livre arbítrio. Muitas pessoas esquecem das suas responsabilidades, porque é mais fácil imputa-las à Deus, até reclamam por sonhos não realizados esquecendo que temos que fazer a nossa parte.

O conceito de Deus que existe na sociedade não é nada mais do que uma ferramenta de controlo sobre o ser Humano. E quando refiro de controlo, não refiro tão somente os crentes (ovelhas), mas até mesmo os Padre/Pastor. Isso porque muitos destes, o façam pelo Amor, por em Deus acreditar, são limitados por regras, muitas vezes elitistas.

Como minha Mãe sempre ensinou:

"Nunca fales com o Padre, fala directamente com Deus."


O ser Humano, na sua plena consciência e desenvolvimento espiritual, não precisa de religião, só precisa aceitar o Deus que existe nele próprio e o Deus criador. A dor e sofrimento foram assumidos como instituições na vida, principalmente pregada pela sociedade ocidental. Por este motivo vivemos numa sociedade que todos estão à espera que se sinta pena do outro, e quando aparece alguém que diz em voz alta que confia em si, é considerado convencido ou arrogante.

A dor, é aceitável, faz parte da experiência da vida em si, mas o sofrimento é algo que todos nós seres conscientes devemos rejeitar. Ninguém veio cá para sofrer, a não ser que o queira. Este conceito que temos que aceitar o sofrimento é só para nos manter de cabeça baixa. Estamos implantados de MEDO para tudo, até de viver, cada vez mais as pessoas querem deixar que os outros decidam por eles, porque assim é mais fácil.

Aquilo que Deus nos deu de mais precioso foi o livre arbítrio, é necessário termos a capacidade de a assumir, o destino é feito também pelas nossas escolhas. Para 2010 escolha ser livre, viva o que quer, e não o que lhe é imposto. Não se deixe levar pelos medos implantados na TV, no que nos rodeia, aprenda a estar consigo, amar a si e ao outro, posso garantir que não só estará com o seu verdadeiro Deus, como ele estará consigo.

Poderá interessar também..

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...