domingo, 26 de janeiro de 2014

Falsos, Libertadores, Democratas e Protectores


Feliz 2014!

Os anos a partir de 2012 têm sido reveladores. Muita informação tem vindo à superfície, muitas verdades, que estão a despertar o consciente das pessoas.

De alguns anos para cá, tem estado na moda, grupos que lutam pelos direitos humanos, ou de outra coisa qualquer. Grupos que querem a democracia, outros que querem proteger as formigas..... o que for. Observando os grupos como os "pussy riot", que as acho um nojo, e principalmente observando as suas atitudes compactuadas com as televisões ocidentais, vem demonstrar a queda que esta sociedade está a sofrer a nível de moral até mesmo aos seus conceitos de liberdade e democracia.

A maior parte destes grupos são subversivos. Atenção que a definição de subversão não está associada a, como erradamente ocorre nos filmes, em detonar, destruir etc. Subverter nada mais é que transformar algo numa outra coisa contrária qualquer, não interessa se é bom ou mau. Exemplo disso foi o que vamos vendo na TV políticos, que atestam pretender salvar pessoas, matando mais, em prol da dita "democracia".

É preciso ter muito cuidado com estes Libertadores, Democratas e Protectores pois são tão ou mais ditadores que aqueles a quem muitas vezes acusam. Vejamos, quando o grupo "pussy riot" foi para igrejas vandalizar e em consequência disso foram presas, todas TVs ocidentais, por  não gostarem da Rússia, criticaram pois era um "atentado" à liberdade. Faz-me espécie verificar que a sociedade ocidental está cada vez mais subvertida, e cada vez perde os seu valores. O pior é que se consideram modernos. Verdade seja dita, se o mesmo ocorresse em algum pais europeu, elas a mesma seriam presas. 

É preciso tomar muito cuidado, pois a atitude dela mostra extremismo. Reparemos, ao contrário do que prega principalmente países como EUA, não é correcto que pelo facto, por exemplo, de alguém ser racista eu faça qualquer tipo de descriminação a esta pessoa. Porque neste caso estou a incorrer exactamente na mesma linha de pensamento que ela. Atenção, muito embora não concorde com o racismo, é direito de cada um poder ser racista. Desde de que, a sua forma de pensar não implique acções contra a liberdade daquele de quem se tem o preconceito. Resumindo, se não gosta do outro, cada um no seu canto.

Seguindo a mesma linha de pensamento, não é aceitável que essas "putas" vão destruir uma igreja, só  porque elas não acreditam. Até porque, se reparem, o nome que as chamei anteriormente está muito ligada a raiva que me dá de ver estes falsos profetas, que acusam a igrejas de enganar as pessoas quando elas próprias fazem o mesmo.

Não sou religioso, no entanto, outras pessoas são. Logo, é preciso respeitar a escolha dos outros, não obstante da sua preferência ou não. É necessário perceber que cada alma está cá para aprender. Consequentemente, cada SER, individualmente, terá que passar pela sua experiência para atingir um nível mais alto na vida. Quem são estas "bestas" para interferir?

Pois digo quem são. Boa parte destes grupos, ONG entre outros são financiados por empresas e governos que têm interesses. O Green Peace foi preso.....BEM FEITO!!! Porque muito embora muitos que estão dentro destes grupos estão realmente pela causa,  os motivos que os movem estão subvertidos a uma agenda política e batalhas económicas. Daí se ver nos jornais, a mesma coisa num pais tem um nome e noutro outro.

Outro exemplo foi o movimento feminista, que foi patrocinado pela CIA de modo a trazer as mulheres para o mercado de trabalho e assim aumentar a colecta de impostos do estado.

A Democracia é um conceito falso do poder popular, criado para dar a sensação de escolha. Mas se observarem actualmente, com esta crise, que escolhem têm? Mais uma vez falsas profecias. Alguém pode imaginar que vota para alguém que quando reclama desce o pau a pessoa que votou? ACORDA!!!!

Muitos destes grupos são criados unicamente para servirem de fachada. Que democracia é essa a qual polícias disfarçados estão infiltrados entre manifestantes, os chamados agentes provocadores, que criam distúrbios para criar uma justificação para a polícia intervir? Num estado realmente democrático isso nunca deveria existir pois isso é manipulação. E a TV é a ferramenta explorada por estes para moldar a percepção de realidade das pessoas. No entanto, estes falsos protectores têm o desplante de se pronunciarem contra outros países cujo actos contra os manifestantes estão ao mesmo nível que o deles.

Resumindo, todo aquele que destrói algo porque não gosta ou acredita, está a destruir a liberdade do outro que gosta e acredita. Este por si só é um DITADOR e EXTREMISTA. Você se não gosta de tomate não vai destruir todo tomate do mundo, não é?

Poderá interessar também..

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...