sexta-feira, 27 de março de 2009

Variáveis da vida



Se tentar controlar todas variáveis da vida, poderá ter certa segurança, mas a vida nunca lhe surpreenderá, pois deixará de ser variável para ser estática.

Se não disponibilizar as variáveis do amor na sua vida, ninguém poderá passar o valores que farão despertar o amor.

Se não estiver atenta/o as variáveis de quem se aproxima de si, nunca saberá os valores que esta pessoa poderia passar para suas variáveis.

Se valorizar mais a variável da tristeza do que da alegria, triste a sua vida será.

Se somar os pequenos valores das variáveis que lhe fazem levantar todos os dias, poderá ser um bom factor para multiplicar pela variável felicidade.

Se for sábio/a a gerir as variáveis que de nós não dependem totalmente, dando o factor de importância e urgência certo, caminhará para uma vida em equilíbrio.

3 comentários:

susana disse...

Temos pois, meu amigo, que nos deixar levar pelas atitudes positivas. Que sabemos que nos irão confortar, agradar, tornar menos amargos e permitir encontrar um pouco de paz, um pouco de sol para as nossas vidas e muitos bons momentos.
Que consigamos juntar forças para consegir encontrar o equilíbrio e mudar de atitude. Pois assim, à nossa volta tudo tenderá também a mudar. A nosso favor.
Eu tenho vindo a aprender a fazer este exercício.
Graças a ti, meu amigo.
Beijinhos

Manual do Inseguro.com disse...

Li e pensei sobre as variáveis. Soltei as amarras do pré-estabelecido e me pus a sentir, refletir suas palavras e, quer saber? Como me fez bem!!!
Abraços. Stella TAvares


Comecei ontem um blog exclusivamente literário e me sentiria extremamente feliz e honrada com sua visita
oadestradordesentimentos.blogs.sapo.pt

O homem e a mente disse...

Por lá passarei :) e obrigado pela visita

Poderá interessar também..

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...