segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Destino

Se deixar todo seu destino
na mão de outra pessoa,
não lamente o resultado.

13 comentários:

ParadoXos disse...

é um dos piores erros que o amor ou a cegueira dele nos pode fazer cometer meu amigo!!


forte abraço

Heduardo (paco)

Anabela disse...

ah paradoxos!
cega de amor... como queria eu... Não me importo... até gosto!
lol

A paixão é que é que são elas.

Eu diria que a questão nem é "todo" é "deixar".

Liberdade em consciência faz futuro sem fado, faz Paz, tranquilidade!

Digo eu...

O homem e a mente disse...

De facto, não é preciso ser todo, basta deixar. O mais difícil é a cosciência em si, actualmente está difícil para muita gente.

Pois eu também já fui cego uma vez, melhor não quis ver, cometi este erro.

Anabela disse...

Diz a sabedoria popular "Em dar e tomar é fácil errar"
Errar não é o problema.A questão coloca-se na forma como lidamos com o erro; -o nosso e o dos outros

Errar é humano e é preciso :)

Lirium disse...

Acordo que não há problema em errar. Erras para aprender. Mas o problema é que muita gente não aprenden com os seus erros y que voltam a fazer o mesmo. Eu sei, porque fui uma pessoa assim, por o que eu achei amor deixei varias vezes o meu destino nas mãos das outras pessoas.. já não! Estou farta.. Agora o meu destino é meu! Eu acho esta expressão sobre o destino muito certo, vou-me lembrar dela.

Abraço

O homem e a mente disse...

É preciso não deixar o nosso destino alheio, se ele existe 50% ou mais pertence a nós, porque somos nós que fazemos a escolha.

Sim errar é humano, mas não vivemos o tempo suficiente para cometer todos os erros, por isso, aprender com os erros dos outros é indispensável.

As pessoas que por algum motivo depositam o seu destino noutra, seja por amor ou outra situação qualquer, em geral, são pessoas que por algum motivo têm medo de ser elas mesmo a comandar os seu destino ou problemas de auto-estima. Daí a necessidade do conhecimento do Eu divino mas isso já é outra história :D

Maria Rosa disse...

"Sim errar é humano, mas não vivemos o tempo suficiente para cometer todos os erros, por isso, aprender com os erros dos outros é indispensável."

Nem mais! "-o nosso e o dos outros"

bom fds

beijo, beijo e beijo

Stella Tavares disse...

Concordo plenamente! Não dá pra passar a vida seguindo ditames, formas de conduta. O leme da nossa vida precisa estar sempre firmes em nossas mãos. Acaso é possível sorrir com os lábios do outro?
Bjs.

Anabela disse...

sim. também e sobretudo é um sorriso nos lábios dos outros que me fazem sorrir

nada é mais encantador que o sorriso que me mira

Penso eu de que...

O homem e a mente disse...

Hehehe, mas o sorriso de alguém pode mudar o nosso destino, hihihihi.

Chá das Cinco disse...

Eitaaaaaa dá para fazer um livro com este tema!
Penso assim também,não podemos deixar os sentimentos soltos,temos que nos direcionar,afinal,nascemos para ser felizes.
Mas não tiro a razão da Anabela,quem somos nós par medirmos a intensidade e as regras do amor alheio hum?
Cada qual com o seu cada qual, afinal o que seria do vermelho se todos gostassem do amarelo.
Lindo o teu blog,vale a pena te seguir,e já o fiz.

Maria Rosa disse...

"Hehehe, mas o sorriso de alguém pode mudar o nosso destino, hihihihi."

Ora aí está um erro que voltarei a cometer com prazer

hehehe

O homem e a mente disse...

Rita lee. hehehe obrigado.

Obrigado Chá das Cinco, comente sempre.

Poderá interessar também..

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...