quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Príncipe encantado

O problema de encontrar o príncipe encantado

é a quantidade de sapos que se tem que beijar.

2 comentários:

Anónimo disse...

Nao duvides de que assim é..Infelizmente muitos homens escondem-se sob a fachada de um principe encantado e só tarde demais vimos a descobrir que realmente são sapos...Seria muito mais fácil se as mulheres se interessassem por um sapo e que viessem a descobrir que era um principe encantado..e realmente ha mulheres que têm essa sorte..sorte porque assim sao surpreendidas pela positiva..muitas vezes uma relaçao que começa com um "sapo" torna-se a relaçao da nossa vida ou seja o sapo vira principe e muitas vezes por um mero "acidente"...Será que muitas vezes nao é o melhor? ou seja ligar-mos menos ao exterior e podermos vir a descobrir a nossa verdadeira meia laranja?
O que me dizes sobre isso?

Ana

O homem e a mente disse...

Concordo plenamente contigo.
A questão está que socialmente o primeiro contacto é feito pelo que vês e aí está a primeira avaliação da pessoa. Parecendo que não a primeira atracção aparece sempre pelo visual, e o resto vem em seguida.

Daquilo que já vivi dou muita importância no que se passa pela cabeça. Na realidade o namoro são as várias tentativas de encontra alguém o dito príncipe, o problema que essa busca tem, são as mágoas geradas pelo término de muitas relações o que leva a destruição muitas vezes da auto-estima da pessoa.

Mas a minha filosofia é, amar, chorar quando acabar e voltar a amar. Não nos devemos traumatizar pelo que correu mal, mas sim aprender com isso e fazer melhor.

Poderá interessar também..

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...