segunda-feira, 6 de outubro de 2008

A moment to remember



Vi este filme e adorei, confesso, chorei, chorei pela felicidade feliz que tinha de estarem um com outro, de se amarem, e cuidarem um do outro. Chorei, por tudo que ele tentou fazer para salvar a sua amada, pelo sentimento de impotência perante a situação.

Triste ver a troca de nomes nas declarações de amor, o desaparecimento da personalidade e as memórias ao longo do tempo. A dor que ele sentiu no peito quando leu a carta de despedida dela, fez-me lembrar uma dor sentida por mim, as lágrimas derramadas.......

De facto, amar é dor, mas nenhuma dor é maior que o próprio amor.

4 comentários:

O homem e a mente disse...

Epa, eu comento primeiro, em tom de desabafo...........

Merda para a doença.

Catia Graça disse...

Hehehehe... nao me digas nada, eu nao sou nada de chorar com filmes e tambem chorei "baba e renho" quando vi este, sentindo que me podia acontecer o mesmo, fogo o pior é que o actor me fez lembrar o meu home (:oP), xixa pah!

O filme é lindissimo recomendo!!! E é realmente doloroso estar numa situação dessas,... (hum aperta-me o coraçao), é realmente maravilhoso tudo o que eles construiram e ele se esforçou para manter,FANTASTICO, é a força do amor!

Jo disse...

Não vi o filme, mas fiquei curiosa.

O homem e a mente disse...

Recomendo, o filme é uma obra de arte, fez-me sentir todo o trama das pessoas, fez-me viver a situação

Poderá interessar também..

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...