terça-feira, 11 de dezembro de 2007

Entre pais e filhos 1

aA adolescência deve ser das fases mais difíceis para pais e filhos. Nos pais reina a insegurança em relação ao comportamento dos filhos e nos filhos reina a desconfiança em tudo que é dito pelos pais. Nesta fase existe sempre a tendência de muitos adolescentes assumir os pais como inimigos, e os tentarem substituir por amigos, é a fase em que poderão ou não estar mais susceptíveis a ditas "más influências".

Nesta fase para um adolescente não perder o seu dito "rumo" é necessário tenha uma certa capacidade de invalidade. A individualidade permite que não se deixe levar muito pelo que um grupo ou outra pessoa qualquer acha que tem que fazer. Os pais, naturalmente, muitas vezes pensam o pior dos filhos, ou na maior parte das vezes pensam que tudo está a correr bem pois não têm evidências do que poderá estar a correr mal.

Um exemplo interessante que tive a pouco tempo foi no centro comercial de Miraflores, onde miúdas de 12 ou 13 anos sentadas a fumar. Muitos deste comportamentos têm muito haver com uma certa instabilidade familiar. Será a culpa dos pais?. Não propriamente, o dia-a-dia dos pais, principalmente aqueles que estão num fase inicial da vida, faz com que a exista uma maior exigência a nível de responsabilidade dos filhos. Lembro-me que os meus pais também na fase inicial da suas vidas, tinham que trabalhar, e eu com 7 anos aprendi a cozinhar porque a minha mãe estava grávida, aprendi a tomar conta da minha irmã, ajudei sempre na limpeza da casa, etc. Tudo isso fazia com a noção de que tinha que ajudar os meus pais

Actualmente é necessário que os pais tenham esse tipo de conversas com os filhos. Lembro-me que costumava a sair as 14 horas e voltar as 2 da manhã, hehehe, os meus pais pensavam andava em drogas, :), não era bem drogas, mas aquele ser feminino viciava de certeza. O meus pais exigiam que estivesse a hora de jantar em casa, mas o meu pensamento era: " - Para quê ?!"

Mais tarde reflecti um pouco sobre o pedido do meu pai, depois de uns 3 dias sem o ver estando a viver todos na mesma casa, de uma soalhada. Tudo isso porque chega a hora que o todos estavam a dormir, e o meu pai saia a hora que estavam todos a dormir ainda. Aí, somente neste momento reflecti a verdadeira importância do pedido, embora nunca me tenha sido explicado, a verdade é que a hora de jantar era o único momento que o meu pai podia estar com toda família reunida. Eu pensei, se a "coisa" tivesse sido explicado desta maneira, seria mais de mais fácil entendimento.

É importante que os pais percebam que na fase da adolescência, todo pedido feito ou restrição feita é encarada como um acto desmedido e autoritário, pois não fornecem uma explicação ou mesmo uma motivação para sua atitude, assumindo que pelo facto dos filhos viverem por baixo do seu tecto têm que fazer o que lhe é dito.

Nesta fase para os pais é mais aconselhável tentarem gerir esta situação usando a técnicas de liderança pelo conhecimento e sabedoria e não tanto pela hierarquia.

Sem comentários:

Poderá interessar também..

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...